2005/12/21

NEGRA BELEZA DA COR

3 comentários:

Djack de Captania disse...

África!
O que é mais dramático nesta foto é a falta de cor no turbante. É preciso imaginar e ver esta mulher passar, coleante, pelo mercado de Nairóbi ou de Maputo. Na Praia, no Mindelo, noutras ilhas de Cabo Verde, o lenço seria mais discreto no arranjo mas igualmente cheio de colorido.
Mais uma bela foto do Djô.

© Jorge Martins disse...

Está aqui um autêntico "Animal em Palco". Lura, de voz potente, fazendo lembrar as cantoras de Espirituais Negros. Pese a comparação, em certos registos lembra-me a Mahalia Jackson. Alia a esse dom, de bem cantar, uma presença imponente em palco, trasfigurando-se e dominando-o por completo.

Djack de Captania disse...

Eu já tinha topado que era a Lura. Não quis falar do nome, porque mais que Lura, ela aqui é uma mulher, tout court.
O que eu não sabia era que és um jazz lover. Depois fui aqui às bisbilhotices do teu site, onde falas do tipo de música de que gostas e agora essa comparação da Lura com a Mahalia e fiquei a saber que temos mais uma coisa em comum. 172 discos, Djô, entre os quais três Horace Silver, um dos quais é disco quádruplo. Ainda podes apanhá-lo na FNAC (passe a publicidade). É uma edição Membran deste ano que está a acabar, da colecção Quadromania. Capa azul acinzentado, com o Horace (descendente de cabo-verdianos, como sabes), a preto e branco.
Djack